Participar – Agentes de Mudança

1. Prepara o storyboard para o teu podcast. Lembra-te de que, como vais contar a história de um Agente de Mudança, deverás transmitir uma mensagem de esperança. Revê a tua história as vezes que for preciso. Grava-a e ouve o registo várias vezes. Consulta amigos/familiares. Pergunta-lhes se se sentem inspirados com a tua história. Se a resposta for positiva, estarás preparado/a para gravar e para nos enviar a versão final.

2. Começa a gravação. Podes gravar no teu telemóvel ou num software de áudio disponível online. O podcast deverá ser gravado como um ficheiro MP3.

3. Não te apresentes – conta apenas a tua história (mas sem dizeres que vais contar uma história, de outro modo os teus ouvintes vão tomá-la como ficção).

4. Descreve o contexto, dá o maior número de pormenores possível. Se vais descrever uma situação que se passa no inverno, por exemplo, oferece informação sensorial: está frio, neva. Fala dos sons que se podem ouvir – poderá ser uma música alegre ou o som inquietante de botas militares. E os cheiros, os sabores, não te esqueças deles se contribuírem para melhor descreveres o contexto. Sê o mais específico possível. Se o contexto for francês, por exemplo, não te limites a dizer “pode sentir-se o cheirinho de pão acabado de cozer”; especifica: “pode sentir-se o cheirinho de uma baguete acabada de cozer”.

5. Descreve o problema (o desafio) que o teu Agente de Mudança tem de enfrentar e o que o/a impede de o resolver. Quanto maior for o conflito, mais irás cativar a atenção e o interesse dos teus ouvintes.

6. Relata a sequência de eventos (ações) que levaram a que o teu protagonista seja visto como um Agente de Mudança. A sequência de eventos deverá incluir a descrição das circunstâncias adversas e dos antagonistas, bem como as ações do Agente de Mudança. No caso de teres acesso a informação fidedigna, inclui também diálogos entre o protagonista e outras personalidades. Poderás também querer incluir o que os media disseram sobre o Agente de Mudança.

7. Descreve a resolução do conflito, explicando como o desfecho foi diferente graças às ações do teu Agente de Mudança.

8. Assegura-te de que os teus ouvintes recebem a mensagem – a exemplaridade da conduta de um Agente de Mudança. Evita, contudo, moralismos. Surpreende os teus ouvintes com humor, se for apropriado. Incluir citações é sempre uma boa ideia.

9. Terás assim chegado ao final da tua história e ao momento em que te pedimos para dizeres a tagline do nosso podcast: “Olá, daqui fala-vos X (o teu nome), de Y (a tua cidade e país), para o podcast ‘Agentes de Mudança’. Porque o mundo só vai para onde o levarmos”

10. E agora… é só enviares o teu podcast para utopia@letras.up.pt.

1. Prepare the storyboard for your podcast. Remember that, as it is supposed to be about an Agent of Change, it should convey a message of hope. Revise your story as many times as necessary. Record it and listen to it several times. Ask your friends/family for advice. Do they feel inspired by the story? If the answer is yes, then you are set to record the final version and send it out to us.

2. Start recording: Please use your mobile phone or another audio software. The podcast needs to be recorded as a MP3 file.

3. Do not introduce yourself – just tell your story (but without saying it is a story; otherwise people will take it as fiction).

4. Describe the setting, giving as many details as possible. If what you are going to describe happened in the winter, for instance, provide sensory information: it is cold, it is snowing. Tell the listener about the sounds he/she would hear – it might be cheerful music or the unsettling sound of military boots. And the fragrances, the flavours, do not forget them if they contribute to conveying a sense of the setting to your audience. Be as much specific as you can. If the setting is France, for instance, do not just say “one can smell the fragrance of fresh-baked bread”; do specify: “one can smell the fragrance of fresh-baked baguettes”.

5. Describe the problem (the challenge) your Agent of Change is facing and what is preventing him/her from solving it. The stronger the conflict, the more will you be able to captivate the attention and interest of your audience.

6. Name the sequence of events (the actions) that will eventually lead to your protagonist being seen as an Agent of Change. The sequence of events should include adverse circumstances, and highlight the role of antagonists or villains as well as the Agent of Change’s actions. In case you have access to reliable information, include dialogue between the protagonist and other characters. You may also refer to what the media reported on the Agent of Change.

7. Describe the resolution of the conflict explaining how different it turned out to be because of the actions of your Agent of Change.

8. Make sure the audience gets the message – the exemplarity of the conduct of the Agent of Change. Avoid being moralist, though. Surprise your audience with humour, if adequate. Quotations are always a good idea.

9. And that will be the end of your story. It will be time now for you to say who you are and close with the podcast’s tagline: “This is X, from Y, for the “Agents of Change” podcast. For the world goes to where we take it.”

10. Now… you just need to send your podcast to utopia@letras.up.pt.

X