Voltar a Comunicados

Mensagem do Reitor à Comunidade Académica

Reproduzimos aqui a mensagem do Reitor da Universidade do Porto à comunidade académica a propósito da execução da declaração do estado de emergência na U.Porto.

Caros membros da Comunidade Académica,

A Universidade do Porto vai, nos termos da lei, aplicar as medidas impostas pelo Governo no seguimento da publicação do Decreto n.º 2-A/2020, de 20 de março, que procede à execução da declaração do estado de emergência.

Isto não significa, contudo, uma mudança significativa no modo de funcionamento da instituição em relação ao que vigora desde o início da última semana. A Universidade do Porto continuará, dentro do possível, a desenvolver as atividades académicas e outras que decorrem da sua missão institucional. Apesar dos fortes condicionalismos, não vamos deixar de assegurar os serviços essenciais ao funcionamento da Universidade.

Aliás, há indicações claras do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior para que as instituições científicas bem como os serviços das instituições de ensino superior permaneçam abertas e ativas, designadamente para contribuírem para o esforço internacional de combate à covid-19 e para garantirem todos os meios necessários a um efetivo processo de ensino a distância. A ciência e a informação são fundamentais para travarmos a pandemia e, neste sentido, temos de continuar a assegurar condições mínimas para produzir e partilhar conhecimento.

Devemos enfrentar este momento difícil com serenidade, esperança e otimismo. A Universidade do Porto demonstrou resiliência e capacidade de superação noutras circunstâncias históricas igualmente dramáticas. Não tenho por isso dúvidas de que, uma vez mais, a nossa Comunidade Académica saberá ultrapassar as adversidades e vencer os desafios que tem pela frente.

A universidade e o País não podem suspender a sua existência e terão de estar preparados para viver a situação da melhor forma possível sem sacrificar quer a saúde dos seus, quer a sua missão. Neste sentido, apelamos a que todos aqueles que possam desenvolver a sua missão em casa o façam. Desta forma, defendem-se a si próprios e defendem também a saúde daqueles que, pela natureza das suas funções, se têm de deslocar às instalações da Universidade para que tudo, na medida do possível, continue a funcionar, durante um período de tempo que é impossível de prever.

Desejo-vos força e coragem para enfrentar o futuro próximo com sucesso.

Protejam-se e não saiam para a rua sem ser por motivos ponderosos.

Abraço amigo a todos,

António de Sousa Pereira

Reitor da Universidade do Porto

Partilhar

Voltar a Comunicados