mentoria-logo-dark

Programa institucional de acolhimento, integração e vivência solidárias no ensino superior.

O que é o programa de Mentoria Interpares?

O Programa Transversal de Mentoria Interpares é um programa institucional de acolhimento, integração e vivência solidárias no ensino superior. Junta atuais e novos estudantes nacionais e internacionais da U.Porto, para que estes se sintam melhor integrados a nível académico, pessoal e social promovendo o sucesso académico, a prevenção do abandono escolar e o desenvolvimento de competências transversais.

A partir da experiência já vivida, os mentores (estudantes já a frequentar a U.Porto e com mais experiência) ajudam os mais novos (estudantes que ingressam pela primeira vez na U.Porto), os mentorados, em todo o processo de integração, desde questões mais básicas – deslocamentos, aulas, inscrições, locais para tirar fotocópias, cantinas, etc – até a outras que podem parecer mais difíceis para quem acaba de chegar.
O objetivo é contribuir para que todos – mentores e mentorados – tenham uma melhor experiência no contexto académico, promovendo o convívio, a partilha e intercâmbio cultural.

O Programa fomenta e privilegia dinâmicas de colaboração interpares no plano do estudo e aprendizagem, capazes de aprofundar o conhecimento e perspetivas reflexivas, criativas e críticas sobre os processos de integração académica, potenciando o bem-estar na Universidade e uma vivência académica solidária, salutar e promotora da dignidade individual.

Tendo em conta a grande diversidade de ciclos de estudos existentes na UP, o Programa pode ser desenvolvido com base numa multiplicidade de desenhos, definições e modos de funcionamento, desde que respeitando os princípios aqui apresentados. Estes Princípios Orientadores definem os objetivos gerais do Programa e o seu modo de funcionamento institucional.

Objectivos gerais do programa

  1. Alargar e aprofundar mecanismos de acolhimento, de acompanhamento, de integração plena e digna dos novos estudantes nos seus ciclos de estudos, nas suas faculdades, na Universidade e na cultura académica que se pretende de excelência, diminuindo as dificuldades decorrentes das mudanças geográficas, escolares, pessoais e culturais;
  2. Envolver estudantes inscritos em ciclos de estudos e anos subsequentes ao primeiro num processo de acolhimento digno e de acompanhamento dos novos estudantes, nacionais ou internacionais, tendo em vista uma formação integral que se deverá traduzir em competências pessoais transversais, como são a atenção ao outro, compreensão e respeito pela diferença e pela dignidade de cada um, a capacidade de ajuda e de partilha de conhecimentos e competências, a identificação de possibilidades de desenvolvimento pessoal e coletivo, tanto no plano técnico como cultural e social;
  3. Estabelecer condições de base para a integração e vivência positiva da universidade, estimulando a autonomia e a tomada de consciência das implicações do papel de “estudante universitário” e de “estudante da U.Porto” em particular;
  4. Reforçar a qualidade das experiências de aprendizagem proporcionadas pela frequência dos diferentes ciclos de estudos da UP, favorecendo a colaboração, a “internacionalização em casa” e o desenvolvimento das capacidades, interesses e potencialidades, a vários níveis, dos estudantes;
  5. Promover a equidade, o sucesso académico, a resolução de dificuldades diversas e prevenir o abandono, desenvolvendo sentimentos de bem-estar pessoal e de pertença, de colaboração e solidariedade, de confiança no outro, através da existência de uma rede interna de apoio académico, cultural e social;
  6. Dinamizar contextos de formação e aprendizagem, potenciadores do desenvolvimento de competências transversais, a partir das práticas e vivências das práticas de Mentoria;
  7. Fomentar a construção de “espaços” individuais de liberdade e autonomia, de autoconfiança e iniciativa, promovendo dinâmicas de convívio e de intercâmbio intercultural no quotidiano estudantil;
  8. Contribuir para a construção de redes colaborativas e democráticas de relações interpessoais, sociais e académicas significativas e de modos solidários e dignos de viver a Universidade;
  9. Consciencializar e envolver toda a comunidade académica numa cultura de intervenção e responsabilidade solidária, que privilegie o exercício da cidadania, o bem comum, a convivência saudável e o respeito mútuo, assim como outros valores da cultura democrática e institucional.

Eixos Estruturantes

Cariz Institucional

O Programa de Mentoria Interpares é desenvolvido numa base de responsabilidade institucional da Universidade do Porto e das suas Faculdades pelos processos de acolhimento e integração social e académica de todos os novos estudantes (nacionais e internacionais), respeitando os objetivos acima referidos.

Envolvimento de estudantes e cooperação interpares

A Mentoria U.Porto, reconhecendo a importância e as potencialidades das relações interpares para a qualidade da integração saudável, visa permitir aos novos estudantes a possibilidade de contar com a disponibilidade voluntária de colegas, há mais tempo a frequentar a UP, para acompanhar o seu processo de inclusão, estimulando práticas salutares e democráticas de vivência no ensino superior, num trabalho próximo de construção de redes e de relações solidárias.

Dimensão Pedagógica e Formativa

O funcionamento da Mentoria U.Porto tem associada uma clara dimensão pedagógica e formativa dos novos estudantes e dos estudantes que se disponibilizam para ser mentores, implicando:

a) O envolvimento voluntário de docentes responsáveis por desenvolver, acompanhar e monitorizar as práticas instituídas;
b) A melhoria da qualidade das experiências de aprendizagem proporcionadas pelas vivências da mentoria;
c) A dinamização de processos colaborativos e solidários de formação;
d) O estímulo da autonomia dos estudantes e a sua capacidade de análise e reflexão crítica;
e) A promoção do desenvolvimento de competências transversais e sociais.

Estrutura Organizativa

Na operacionalização do Programa de Mentoria da U.Porto atuam, com diferentes papéis e responsabilidades, a Universidade do Porto e as Faculdades através dos seus órgãos de gestão, em particular as direções de ciclo de estudos, docentes e estudantes aderentes ao programa.

Para a coordenação institucional e transversal do Programa na Universidade do Porto foi criada, por Despacho Reitoral, a seguinte estrutura que visa a valorização, o acompanhamento e a avaliação regular do Programa, com um funcionamento tão flexível quanto possível:

 

Coordenação Geral Transversal: Vice-reitora para a Formação, Organização Académica e Relações Internacionais;

Comissão Científico-Pedagógica: Docentes promotoras do Programa original na FPCEUP e na FEUP: Teresa Medina (Presidente da Comissão), Elisabete Ferreira, Isabel Pinto, Raquel Barbosa (FPCEUP), Isabel Ribeiro e Teresa Duarte (FEUP);

Comissão Coordenadora Transversal: um a dois representantes de cada Faculdade, indicado(s) pelo respetivo Conselho Pedagógico ou Diretor/a, de entre os docentes envolvidos na dinamização do Programa de Mentoria Interpares;

Secretariado de Apoio: Técnico especialmente contratado para o efeito;

Comissões de Faculdade: composição a indicar pela respetiva Direção ou Conselho Pedagógico, com a necessária inclusão do(s)/a(s) docente(s) que integra(m) a Comissão Coordenadora Transversal.

Participantes

Novos Estudantes da U.Porto (Mentorados)

Ultrapassar as dificuldades de adaptação, a falta de conhecimento sobre normas e funcionamento da instituição, conquistando um melhor desempenho académico e integração na vida universitária.

Estudantes já a frequentar a U.Porto (Mentores)

Estimular o contacto social com vista a desenvolver competências importantes como a responsabilidade e o trabalho em equipa e outras competências transversais fundamentais para a sua carreira profissional e percurso de vida.

Docentes e investigadores

Acompanhar as equipas de estudantes, colaborando para o seu desenvolvimento académico e pessoal que, ao partilhar experiência e conhecimentos, envolvem-se ativamente na melhoria da academia.

U.Porto

Promover o sucesso académico e a integração dos estudantes através da identificação de dificuldades no sentido de minimizar o abandono escolar; dando a conhecer a oferta académica, cultural e social. Estimulando uma cultura de qualidade e melhoria da academia ao potenciar a participação de toda a comunidade no seu desenvolvimento contínuo.

A quem se destina?

O Programa Transversal de Mentoria Interpares é totalmente voluntário e depende da solidariedade e do espírito de entreajuda de todos os seus intervenientes.

Novos Estudantes da U.Porto (Mentorados)

Estudantes (nacionais e internacionais) que frequentam, pela primeira vez, qualquer ciclo de estudos da UP, que tenha em funcionamento o Programa de Mentoria e que, voluntariamente, o decidam integrar e respeitar as suas normas e Princípios Orientadores.
  • Responsabilização ética pela criação e desenvolvimento de relações interpares solidárias;
  • Comunicar à equipa de coordenação docente quaisquer situações anómalas que ocorram no âmbito da relação interpares;
  • Participar nas atividades organizadas no âmbito da Mentoria da respetiva UO e da UP;
  • Responder aos instrumentos de avaliação e de melhoria do Programa.
  • Boa receção e integração académica realizada por um/a mentor/a;
  • Apoio institucional, no seu papel de mentorado, por parte da UP, da Faculdade a que pertence, da equipa de coordenação docente e de mentores;
  • Participar nas atividades organizadas no âmbito da Mentoria da respetiva UO e da UP;
  • Decidir unilateralmente a cessação de relação da Mentoria, mediante informação prévia à coordenação, pessoalmente ou através das ferramentas de comunicação institucionais.

Estudantes já a frequentar a U.Porto (Mentores):

Estudantes (nacionais e internacionais) a frequentar, há pelo menos um ano, os diferentes ciclos de estudos da UP e que, voluntariamente e sem qualquer tipo de remuneração, decidem participar no Programa de Mentoria, na respetiva Unidade Orgânica.
  • Responsabilização ética pela criação e desenvolvimento de relações interpares solidárias;
  • Participação nas sessões de formação, nos encontros de boas-vindas e de balanço do Programa de Mentoria da sua UO;
  • Resposta aos instrumentos de avaliação e de melhoria do Programa;
  • Comunicação à equipa de docente da sua faculdade de quaisquer situações que identifiquem e que mereçam uma atenção particular relativas aos seus mentorados/as e/ou de situações anómalas que ocorram no âmbito da relação interpares;
  • Sugestão e dinamização de atividades, de natureza diversa, que considerem pertinentes para uma melhor integração académica e social dos/as estudantes e que promovam a qualidade e diversidade dos percursos formativos;
  • Comunicação antecipada à equipa de coordenação docente a eventual cessação da atividade de mentor/a;
  • Elaboração de um relatório de reflexão e consolidação da sua colaboração como mentores/as, a apresentar no final da sua participação no Programa.
  • Permanente apoio da UP, da respetiva UO e da equipa de coordenação docente, no seu papel de mentor;
  • Decidir unilateralmente a cessação de relação da Mentoria, sem prejuízo do dever de informação prévia à coordenação docente;
  • Participar em todas as atividades organizadas no âmbito da mentoria da respetiva UO e da UP;
  • Inscrição no Suplemento ao Diploma da participação na Mentoria, desde que preenchidos os requisitos necessários ao reconhecimento da atividade como mentor.
  • A frequência em ações de formação que venham a ser organizadas;
  • O exercício de funções como mentor/a pelo menos num ano letivo;
  • O acompanhamento de, no mínimo, um mentorado em cada um dos anos letivos em que foi mentor;
  • A participação nas reuniões plenárias e encontros da Mentoria;
  • Resposta aos instrumentos de monitorização e avaliação do Programa;
  • Elaboração de um relatório sobre o trabalho desenvolvido no Programa de Mentoria de sua Unidade Orgânica. A avaliação será realizada pela equipa de coordenação docente de cada Ciclo de estudos/Faculdade, cabendo-lhe ainda a comunicação da avaliação aos serviços académicos para registo no percurso dos estudantes e ulterior menção no suplemento ao diploma do/a estudante.

Como participar?

Inscrições como mentores

Podem ser mentores os estudantes (nacionais e internacionais), incluindo bolseiros e estudantes de doutoramento, a frequentar, há pelo menos um ano, os diferentes ciclos de estudos da U.Porto que, voluntariamente, decidam participar no Programa.

As inscrições para mentores e a renovação das inscrições dos mesmos realiza-se anualmente, no final de cada ano letivo, e excecionalmente no seu início.

A inscrição é aberta a todos os estudantes da respetiva Unidade Orgânica que integre o Programa, sendo que não existe um número estipulado de vagas, cabendo à Comissão de Faculdade avaliar a viabilidade da sua dimensão.

O Programa Transversal de Mentoria Interpares é totalmente voluntário e não remunerado e como tal depende da solidariedade e do espírito de entreajuda de todos os seus intervenientes.

Os estudantes que se comprometam com a Mentoria e com o respeito pelos princípios de responsabilidade e ética inerentes às suas funções integrarão a equipa de mentores e serão adicionados nas plataformas de comunicação da mesma.

Ser Mentor requer investimento pessoal, de tempo, para o desenvolvimento e a manutenção de uma relação de mentoria baseada na confiança, confidencialidade e respeito mútuo. Características como assertividade, proatividade, empatia, espírito de entreajuda e cooperação, escuta ativa e atitude flexível e competências de liderança e comunicação estão associadas a mentores eficientes.

Inscrições como mentorados

Todos os novos estudantes podem inscrever-se como mentorados sendo que a inscrição deverá ser feita no início do ano letivo,embora possa ocorrer em qualquer altura do ano.

Todos os alunos inscritos poderão adicionar-se ou ser adicionados nas plataformas de comunicação do Programa.

Notícias & Eventos

Contactos

Precisa de mais informações?

EMAIL

mentoria.uporto@reit.up.pt
mentoria-fcup

Faculdade de Ciências (FCUP)

Rua do Campo Alegre, 823
4160-007 Porto
+351 220 402 000
https://www.fc.up.pt
Programa Mentoria Interpares – FCUP
mentoria.fcup@fc.up.pt
mentoria-fcnaup

Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação (FCNAUP)

Rua Dr. Roberto Frias
4200-465 Porto
+351 225 074 320
https://www.fcna.up.pt
Programa Mentoria Interpares – FCNAUP
mentoria@fcna.up.pt
mentoria-fadeup

Faculdade de Desporto (FADEUP)

Rua Dr. Plácido Costa, 91
4200-450 Porto
+351 220 425 200
https://www.fade.up.pt
Programa Mentoria Interpares – FADEUP
gae@fade.up.pt
mentoria-feup

Faculdade de Engenharia (FEUP)

Rua Dr. Roberto Frias
4200-465 Porto
+351 225 081 400
https://www.fe.up.pt
Programa Mentoria Interpares -FEUP
mentoriafeup@fe.up.pt
mentoria-ffup

Faculdade de Farmácia (FFUP)

Rua de Jorge Viterbo Ferreira, 228
4050-313 Porto
+351 220 428 500
www.ff.up.pt
Página do Programa Mentoria FFUP
mentoria@ff.up.pt
mentoria-flup

Faculdade de Letras (FLUP)

Via Panorâmica
4150-564 Porto
+351 226 077100
https://www.letras.up.pt
Programa Mentoria Interpares – FLUP
influp@letras.up.pt
mentoria-fmdup

Faculdade de Medicina Dentária (FMDUP)

Rua Dr. Manuel Pereira da Silva
4200-393 Porto
+351 220 901100
https://www.fmd.up.pt
mentoria@fmd.up.pt
mentoria-fpceup

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação (FPCEUP)

Rua Alfredo Allen
4200-135 Porto
+351 226 079 700
https://www.fpce.up.pt
Programa Mentoria Interpares – FPCEUP
mentoria@fpce.up.pt
mentoria-icbas

Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS)

Rua de Jorge Viterbo Ferreira, 228
4050-313 Porto
+351 220 428 000
https://www.icbas.up.pt

mentoring@icbas.up.pt

mentoria-fdup

Faculdade de Direito (FDUP)

Rua dos Bragas, 223
4050-123 Porto
+351 220 901 100
https://www.direito.up.pt
mentoria@direito.up.pt
mentoria-fmup

Faculdade de Medicina (FMUP)

Al. Prof. Hernâni Monteiro
4200 – 319 Porto
+351 22 551 3600
https://www.fm.up.pt
mentoriafmup@med.up.pt
mentoria-fbaup

Faculdade de Belas Artes (FBAUP)

Av. de Rodrigues de Freitas 265
4049–021 Porto
+351 225 192 400
https://www.fba.up.pt
expediente@fba.up.pt
mentoria-residências-200x99

Residências Universitárias (SASUP)

Rua dos Bragas, 151
4050-123 Porto
+351 222 074 260
https://www.sas.up.pt
alojamento@sas.up.pt